segunda-feira, 19 de novembro de 2018

Assumindo o Papel de Esposa


-Que isso Evandro? Sabe que minha  mulher não fuma.
-Ela não, mas eu sim.
-E o que ela vai achar quando souber que está fazendo isso com o corpo dela?
-Carlinhos, já faz um mês que eu e a Laura trocamos de corpo. A única explicação é o raio que caiu perto da piscina e quase nos matou, certo? Quais as chances disto acontecer novamente? De um raio atingir a gente sem nos matar e destrocar os corpos?
-Bem, eu não sei...
-Pois é. Acho que devemos começar a considerar que vamos ficar assim para o resto da vida. Eu tenho de aceitar que agora sou sua esposa Laura e ela seu amigo Evandro.
-Puxa, mas como é que vai ser então?
-Vai ser do jeito que está vendo. Cada um vai viver a vida como quiser, da melhor forma que encontrar. Eu vou voltar a fumar meus charutos, e a Laura pode mudar o guarda-roupas e parar de fingir que é machão pra preservar minha imagem.
-Tá certo. Mas e quanto a mim? Você vai embora agora?
-Você ficou tão impressionado com o charuto que não reparou no resto né? Que coloquei este vestido dela, os saltos, arrumei os cabelos e até perfume.
-E o que quer dizer com isso?
-Quero dizer que pretendo te dar uma chance. Pensei bem nos últimos dias, e quero experimentar ser totalmente a Laura, sua esposa. Se for legal quem sabe podemos continuar juntos. Agora pare de me olhar deste jeito e me dê um beijo.

domingo, 18 de novembro de 2018

Na Festa


Sua irmã se divertia ao ver Adriano sendo assediado por mais um rapaz  na festa.
Um dia antes , depois dela se queixar sobre as coisas que uma garota precisa aturar, Adriano disse que era tudo uma questão de postura.
-Quer dizer que a culpa é minha?
-Bom, se você souber se impor vai ser mais fácil e..
Neste momento ela tira um velho amuleto da bolsa, e toca com ele a testa do rapaz. Imediatamente os dois se vêem flutuando e se movendo para o corpo um do outro.  Em seguida Adriano olhava para o seu próprio corpo  em sua frente.
-Nossa, isso funciona mesmo. - Disse ela agora com a voz grossa do rapaz.
-O-O que aconteceu?
-Trocamos de corpo Adriano. Não se preocupe pois é temporário. Só quero que aprenda que ser mulher não é tão fácil o quanto parece.
Ela o convenceu então a se arrumar, o que demorou muito mais do que ele imaginava, e ir para uma esta de um conhecido.
Adriano agora no corpo da irmã se sentia constrangido. Os homens não faziam qualquer esforço em disfarçar, enquanto olhavam para seus peitos, coxas e bunda.
Ele tentava se impor, mas além de se sentir frágil e inseguro naquele corpo, os homens pareciam ignorar suas palavras.

sexta-feira, 16 de novembro de 2018

Roubando Secredos


Me especialize em roubar segredos tecnológicos, e uma vez fui contratado para conseguir um aparelho que, depois de ler a documentação, descobri que serviria para troca de corpos.
Mas no dia da entrega, descobri que quem havia pedido era um grupo terrorista.
Não poderia deixar algo assim nas mãos de pessoas perigosas, então fiquei com o invento.
Agora utilizo ele em minhas atividades, e nesta última precisava me apoderar de informações em uma grande empresa.  Mas como os executivos tinham a proteção de guarda-costas, tive de seduzir e realizar a troca com Camila, uma das secretárias.
Já no corpo dela e no escritório, fui tentar acessar o que precisava, descobri que mesmo com acesso a rede ainda levaria algum tempo para quebrar a segurança. Foi quando o chefe dela me chamou.
-Você está muito estranha Camila. Algum problema?
-Não senhor. Só estou com muito trabalho e...
Neste momento ele se aproximou, me deu um beijo e acariciou meus seios.
-Ei! O que pensa que está fazendo?
-Como assim? ... Ah, já sei. Este deve ser um de seus joguinhos. Muito bem, eu vou entrar na brincadeira. Vem cá vagabunda!
-Não eu...AAH!
Ele e empurrou de costas sobre a mesa, levantou a saia e arrancou minha calcinha. Ante que pudesse reagir senti aquele pênis enorme me penetrando fundo enquanto ele apertava meus seios.
-Então é assim que você gosta  né? Daqui pra frente é como vou te tratar piranha!
Não consegui pensar direito, e poucos minutos depois já estava tendo um longo e intenso orgasmo. Depois de terminar dentro e mim ele me soltou. Me recompus, me vesti  e voltei para minha pequena mesa na porta de sua sala. Sentia minha pernas bambas e mal conseguia andar direito. Ao mesmo tempo não conseguia parar de sorrir, pois a sensação de prazer e relaxamento eram ainda muito fortes.
Pensei em seguida que talvez levasse algum tempo para conseguir a informação que precisava, mas agora não tinha pressa. Não seria nada mal ficar naquele corpo por algum tempo.


Vampiro


Durante minhas férias na Romênia, quando passeava pelas montanhas o carro alugado quebrou. Não havia sinal de celular e o que pude fazer para não morrer de frio foi buscar ajuda em um castelo próximo.
O homem alto e de meia idade que me atendeu me deixou dormir em um dos quartos, e no outro dia eu poderia pegar carona para a cidade.
Ao abrir um dos armários no quarto, achei vários vestidos de estilo antigo e não resisti. Provei roupas de mulher escondido a vida toda, e de repente aquilo era o paraíso.
Mas durante a minha diversão, o tal homem entra no quarto, pára por alguns instantes surpreso ao me ver usando aquelas roupas, e em seguida me ataca e morde meu pescoço.
Acordei horas depois e ele estava ali me olhando. Fiquei assustado e não sabia o que dizer, quando ele falou:
-Calma ,está tudo bem. Disse ele.
-O que você fez comigo?
-Lhe dei um presente que com o tempo vai apreciar. Agora é como eu.. Um vampiro!
-Não! não é possível. Isso não existe.
-Claro que existe e  é um de nós agora.
-Então minha vida acabou?
-De certo modo sim. Mas sua nova vida tem muitas vantagens.
-Que tipo alem de ter de beber sangue?
-Bem, quando entrei estava usando roupas de minha ex-noiva. sabia que nós podemos mudar de forma?
-Quer dizer virar um morcego?
-Há-há-há! Morcego não. Mas animais maiores sim. Ou então outras formas humanas.
-Como ass...
Neste momento ele me olhava fixamente, e meu corpo estremecia dos pés a cabeça. Quando aquilo parou olhei para baixo e vi duas bolas em meu peito. Eram seios grandes e firmes! Continuando a me examinar senti minha pele agora lisa e macia, cabelos longos e no meio das pernas apenas uma abertura natural nas mulheres.
-O que aconteceu?-Perguntei com uma voz aguda e sexy.
-Nós podemos mudar de aparência se quisermos. Como sou seu mestre posso te controlar e fiz com que se tornasse uma mulher, na verdade uma cópia de minha ex noiva. Com o tempo vai aprender a controlar e se tornar quem você quiser. Escolha um dos vestidos, coloque e me encontre na sala de jantar. Quero que tome o café da manhã comigo.
-Café da manhã? Achei que só bebesse sangue.
-Não. Precisamos de sangue para sobreviver, mas podemos fazer muitas atividades humanas...por prazer.
O homem terminou a frase olhando meu novo corpo de cima a baixo. Senti um arrepio mas não foi de medo. Ele me tornara igual a sua amada por um motivo óbvio, e satisfazer seu desejo era o minimo que poderia fazer por ele ter realizado meu maior sonho... ser uma mulher!

quarta-feira, 14 de novembro de 2018

Férias Especiais


Não acredito no que  minha esposa fez!
Quando ela me disse que estas férias seriam especiais, jamais imaginei que usaria uma magia para trocar a gente de corpos.
Agora vou ter de passar quinze dias no corpo dela e ela no meu.
Ela nem me esperou, e está lá na praia tomando cerveja enquanto termino de me arrumar. Se bem que mereço, pois fiz o mesmo com ela algumas vezes.
Agora vou ter de sair usando este biquini e caminhar sozinho até encontrá-la, aguentando os comentários e assovios que este corpo provoca.

Mecânico


Caio possuía uma oficina mecânica, mas quase a fechou depois do estranho fenômeno que trocou as pessoas de corpos e o colocou no corpo de um agarota chamada Suzi.
Mas com o passar de tempo viu sua clientela aumentar, graças a sua nova forma.
Agora ele usa isso a seu favor, usando roupas que mostram mais seu corpo e fazendo poses sensuais enquanto trabalha e é observado pelos clientes.